Fácil

Fácil

0 332

Fácil

António José Seguro afirmou em entrevista ao jornal “Público” que “António Costa deve cumprir o seu mandato para o qual os lisboetas o elegeram”. De facto era mais fácil e poupava-se a guerra demorada e suja que se vive no Partido Socialista, uma luta de galos sem quartel. Assim, fica uma dúvida: será pura ingenuidade de Tozé ou, pelo contrário, estará o secretário-geral socialista desafiado a acusar o cansaço da querela interna? Pode também ser um conselho, já que noutra entrevista, afirmou que é nos apoiantes de Costa que há uma associação a um “partido invisível, que tem secções sobretudo nos partidos de Governo, que capturou partes do Estado”…

ARTIGOS SIMILARES

0 306

0 321