Edição de 18 de Julho de 2017

SIMILAR ARTICLES

  • Teixeira.net

    Há uns anos li um artigo que tinha um ponto de vista original e interessante. A tese fundamental era mais ou menos isto:
    Os movimentos que pretendem destruir ou conquistar o poder dum certo regime, podem usar esta estratégia: por vários meios, lançam a dúvida sobre quem será poderoso amanhã.
    Isto produz um efeito corrosivo no regime pois, as elites poderosas que rodeiam o regime deixam de saber se pertencer ao regime é uma vantagem ou uma desvantagem, num futuro não muito longínquo, exactamente porque não sabem se não será o inimigo que estará no poder nessa altura. E o líder já não sabe se os seus homens lhe são fiéis ou se o fingem ser!
    Não deixa de ser um pouco Maquiavélico, mas parece-me perfeitamente exequível e lógica.