Quem é que está a minar os “outdoors” partidários?

1
1204

João-Filipe-Pereira_PB-150x150

Como me tenho rido com os cartazes do Partido Socialista, com as histórias dos debates televisivos e todas demais novelas dignas de uma “silly season” à portuguesa. Gosto mesmo de ver as discussões levianas nas redes sociais, as piadas fáceis na internet, de ouvir as bocas brejeiras nos cafés. Rio porque já não dá para chorar. Porque as lágrimas secaram durante as duas horas e meia de viagem entre Lisboa e Londres e que representou aquilo que está a ser a minha primeira experiência como emigrante de longa duração.

Os portugueses estão a dar um sinal claro de que se estão a marimbar para a política nacional. Para esta política nacional. Para estes partidos, para estes políticos e para estas eleições. Basta olhar para os jornais. Não há opções. A decisão será entre a continuidade ou o regresso à outra continuidade. El-Rei D. Sebastião não irá regressar a tempo.

Todos sabemos que, no dia a seguir às votações, o tacho continuará de uns quantos (com a mesma ou outra cor partidária), enquanto os problemas reais continuarão a ser dos milhões de portugueses que lutam e labutam diariamente. Portanto, aproveitemos.

Os “outdoors” do Partido Socialista são receita antiga, nunca antes contestada. Também ela usada no passado pelo PSD. Só o é agora porque os portugueses estão decididos a fazer a vida negra aos partidos. A infligir dano e humilhação. Querem estes portugueses dar a provar aos agentes partidários um pouco do seu próprio veneno. Pelo menos nas próximas semanas, até às eleições.

E como estas lutas se desenrolam quase todas na internet, as máquinas partidárias já colocaram os seus boys nas redes sociais: no trabalho duro de propagar fés. O contra-ataque socialista foi lançar na internet cartazes contra o PSD… A baixeza socialista atinge limites nunca antes vistos. José Sócrates – um estratega de excelência – deverá estar a questionar-se onde pára a máquina socialista que ele liderou.

A atrapalhação politiqueira é vergonhosa e faz o povo rir às gargalhadas. Por uma vez, que sintam vergonha. Todos eles. Todos os que andam a sujar o País com os cartazes mentirosos e sem alma.

Os “rosa” vão avançar agora com uma terceira ofensiva. Finalmente irão usar – ao que parece – a cara de António Costa. A pressão é muita. Na internet, os portugueses aguardam salivantes por mais umas boas gargalhadas. Por favor, não nos desiludam.

COMPARTILHAR
  • Noite Portuguesa

    Uma vez que não têm ideias. Apenas vão contra aquelas professadas pela coligação. Impressionante a baixeza