Luísa Venturini

Acordei cansada, o que, convenhamos, não é uma bela forma de acordar. Cuidei emperradamente das rotinas matinais e sentei-me à secretária, com mais animosidade do que ânimo para o labor do dia. Arrastei penosamente os dedos pelas teclas e o pensamento pelas palavras, acreditando que a concentração me faria esquecer o cansaço e que o café me espantaria os ressabiamentos de alma. E nisto me entretive uns bons pares de horas, rendendo pouco e sem conseguir vencer a contrariedade.

Até que decidi sair.

A tarde está de sol, a temperatura amena, o céu muito limpo e não falta sequer a brisa suave de Junho. Os jardins das casas em redor ostentam briosamente catadupas de verdes, só interrompidos por um lilás aqui e um salmão acolá, como pedrarias salpicadas sobre um manto. Subitamente, uma cascata muito rubra e viçosa ilumina, qual moldura, uma frontaria branca, como se estivesse em plena Andaluzia ou me tivesse escapulido para dentro de um quadro de Sorolla.

Como se pela primeira vez pisasse estas ruas, como se me fosse possível replicar a sensação primeira que um sítio nos transmite, decidi que este sítio é outro sítio onde acabo de chegar, de olhos prontos a maravilhar-se com a novidade de paisagens desconhecidas e de espírito jovial, como Junho reclama.

A luz magnânima e serena da tarde brinca com as folhagens e um bando de andorinhas regala-se nos seus reviravolteios. Há pouco trânsito, que as famílias apachorrentam-se pelas praias, e até no meu Café de estimação são ralos os convivas a esta hora.

Na mesa onde me sento, uma janela aberta faz-me crer que estou numa esplanada, porque me chega a brisa e, deste ângulo, fácil é convencer-me de que o sítio é mesmo outro e até sentir no ar uma presença de maresia.

Releio “Leão o Africano”, de Amin Maalouf, um óptimo companheiro para outra viagem dentro desta, tão minha.

Dou-me alvíssaras pelo bem-estar reencontrado. Os vinagres correram todos pelo ralo.

E, de facto, pouco haverá que me dê tanto gosto como passear-me por um quadro de Sorolla.

ARTIGOS SIMILARES

0 20

0 162