É um filme de Tim Burton? Não parece

PAULO FERRERO

Desiluda-se quem for ver “Olhos Grandes” na expectativa de se banquetear com mais um dos episódios fantasistas, frenéticos e quase sempre geniais, que caracterizam a filmografia de Tim Burton.

Nada disso. Desta vez, o autor de “Eduardo Mãos de Tesoura” resolveu filmar em modo banal e registo, de quase telefilme, a inacreditável história de vida de Margaret Keane (nascida Peggy Doris Hawkins), cujas pinturas de meninos com olhos impressionantemente tristes fizeram furor na América e no mundo em finais dos anos 50 (terá chegado cá alguma sequer em ‘poster’?), mas que durante muito tempo foram inacreditavelmente açambarcadas pelo marido dela, Walter, como sendo da sua própria autoria, imagine-se, enganando mundos e fundos (os famosos de Hollywood, sobretudo, caíam que nem tordos).

Em entrevista televisiva recente, Burton, admitiu que tinha vontade de filmar esta história rocambolesca há muito tempo, desde que sentiu fascínio por aqueles rostos de olhos bizarros e desproporcionados, que o olhavam dependurados da parede lá de casa, durante a sua infância, sob a forma de reproduções que a mãe ia comprando.

Seja como for, há alguma magia de Burton em “Olhos Grandes”, sobretudo nas cores berrantes do ‘technicolor’ (na lua-de-mel do casal Keane, na sua mansão modernista, no refúgio da pintora no Havai, etc.), nalguma carga burlesca, aqui e ali, mas sobretudo na sequência do supermercado, com os olhos grandes ‘beatnic’ a tomarem conta dos empregados e dos clientes que se vão cruzando com uma Margaret Keane completamente desconexa, aí sim temos Burton!

Contudo, a verdade é que o filme podia ter sido feito por “mil” outros realizadores, e esse é o seu principal senão. No resto, Christoph Waltz roça o cabotinismo e Amy Adams cumpre sem dificuldade e a mais não terá sido obrigada. Palmas para o sempre jovem Stamp, que mete no bolso todas as cenas em que entra. Danny Elfman anda por lá mas quase nem se dá conta.

  • Título original: Big Eyes
  • Realização: Tim Burton
  • Com: Amy Adams, Christoph Waltz, Krysten Ritter, Jason Schwartzman
  • EUA/CAN, 2014, 106 min.
  • Estreia: 26 de Fevereiro de 2015.

ARTIGOS SIMILARES