Guerra e Paz – Portugal/Angola

Guerra e Paz – Portugal/Angola

0 1170

183189_192161620808568_6202532_n

Autor: W. S. van der Waals

Editora: Casa das Letras

Um documento essencial sobre o papel de Portugal na Guerra de Angola escrito por um dos diplomatas directamente envolvidos no conflito. A Guerra de Angola evoluiu para um conflito que Portugal acabaria por perder, não no campo de batalha, mas no coração dos seus próprios cidadãos. Depois de uma guerra exaustiva que se arrastou durante treze anos, e perante os constantes revezes sofridos nos seus outros dois territórios africanos dilacerados pela guerra, Portugal, de nervos em franja, acabaria por se auto-infligir o golpe de misericórdia.

O novo governo de Portugal viria a perder o controlo sobre o processo de descolonização de Angola, resultando daí uma sangrenta guerra civil e um dos conflitos mais preocupantes da Guerra Fria no Terceiro Mundo, que se arrastaria até 2002. Willem (Kaas) van der Waals aposentou-se depois de 33 anos de serviço nas Forças Armadas Sul-Africanas. Durante a sua carreira foi pára-quedista, comandante de unidade, operacional, diplomata, analista dos serviços secretos e estratega a nível nacional, e culminou como Director de Relações Internacionais. O conhecimento que Van der Waals possui de Angola advém, em primeira mão, da experiência enquanto Vice-Cônsul, no Consulado Geral Sul-Africano, entre Abril de 1970 e Dezembro de 1973. Desempenhou, igualmente, o cargo de Adido de Defesa no Paraguai, no início dos anos de 1980.

SIMILAR ARTICLES