Sem Misericórdia (The Equalizer)

Sem Misericórdia (The Equalizer)

0 1339
Fúria com conta, peso e medida

PAULO FERRERO

Desde já uma nota prévia: é bom termos de volta e em forma um Denzel Washington como o deste “Sem Misericórdia” (título infinitamente menor se o compararmos ao justicialista “The Equalizer”, no original), um filme em que o actor de “Glory”, agora com 60 anos (parece mentira, sim…), dá o corpo ao manifesto, ainda que dobrado quando foi preciso, claro; carregando às costas todas as cenas em que entra e que devem ser … todas.

Não se julgue que “Sem Misericórdia” é uma espécie de matar saudades de Anthony Fuqua (realizador) dos filmes de vigilantes dos anos 70, que ele deve ter visto e muito na sua adolescência, que não é, longe disso. Podemos estar perante uma história banal e já vista, com alguns tiques de Bronson, mas a acção explode quando tem que explodir, sem violar o método e a máxima de que deve haver tempo para tudo, mesmo para a fúria.

“Sem Misercórdia” é também um filme de detalhes, onde a contemplação assume foros de pinceladas de Edward Hopper (é uma evidência). E não se imagine que se trata de um policial sob a forma de teledisco, apesar de alguma osmose estilística inevitável e óbvia, até porque Fuqua passou por lá.

Tem os seus ‘clichés’ (ex. o agente retirado, a máfia russa, a jovem ‘call girl’ – e quão magnífica está Chloë Grace Moretz) mas trata-se de um belo policial (podia ser oriental… até lá está a “cerimónia” do chá) e uma boa surpresa, numa altura em que de Hollywood quase tudo é redundante. É ainda o melhor filme de Fuqua desde há muito.

  • Título original: The Equalizer
  • Realização: Antoine Fuqua
  • Com: Chloë Grace Moretz, Denzel Washington, Haley Bennett, Marton Csokas, Melissa Leo, Vladimir Kulich
  • EUA, 2014, 128 min.
  • Estreia: 25 de Setembro de 2014.

ARTIGOS SIMILARES