Esquerda e Direita exigem fim da taxa dos combustíveis

0
1794

Pode parecer uma combinação improvável, mas CDS, PSD, PCP e BE vão bater-se esta semana, no Parlamento, pela baixa do preço dos combustíveis. Apresentam diplomas autónomos, mas todos defendem que o Governo de Costa não pode continuar a sobrecarregar os contribuintes com impostos de verdadeira rapina sobre os combustíveis.

A matéria é tão grave que as soluções dos vários diplomas podem variar no pormenor, mas coincidem no efeito pretendido: baixar impostos. Para já, o PS está totalmente isolado.

O CDS tomou a iniciativa de marcar o debate, e viu PSD, PCP e BE a aproveitarem a ‘boleia’ para também avançarem como os seus diplomas. Resta saber se na hora da votação o PCP ou o BE têm mesmo coragem para quebram as ‘juras de amor’ à geringonça e votam com PSD e CDS. Até ao momento, o sentido de voto dos partidos de esquerda continua no segredo dos deuses e as negociações com o PS prometem continuar até à hora da discussão parlamentar.

Os centristas apresentam no dia 21 de Junho a sua iniciativa para eliminar o imposto sobre a gasolina e o gasóleo criado em 2016 pelo actual Governo, anunciou Pedro Mota Soares. O ex-ministro falava depois de a Autoridade da Concorrência (AdC) ter divulgado um estudo em que se realça que “os custos de política fiscal tiveram o maior peso nos preços de venda ao público dos combustíveis rodoviários, implicando um aumento de 56% no gasóleo e 26% na gasolina desde 2004”

  • Leia este artigo na íntegra na edição impressa desta semana.