Volume IV das “Obras Escolhidas” de Manuel Ferreira Patrício

0
291

O volume IV das “Obras Escolhidas” de Manuel Ferreira Patrício cobre o período de uma década (1996-2006) e nele começamos por republicar a sua obra O Messianismo de Teixeira de Pascoaes e a Educação dos Portugueses, de 1996, que se inicia com o melhor “Comentário” que, ainda hoje, conhecemos d’Arte de Ser Português, do Poeta-Filósofo do Marão, uma das grandes “paixões” (portuguesas) de Manuel Ferreira Patrício (só ombreável com a sua paixão por Leonardo Coimbra e, como veremos no último volume desta Colecção, por Fernando Pessoa). 

Depois, republicamos aqui um extenso ensaio, A Filosofia da Educação em Portugal no século XX, de 2000, que destacámos por ser uma panorâmica, tão ampla quanto profunda, da Teorização da Educação em Portugal no último século. Nele se abordam os mais diversos autores e movimentos: Sampaio Bruno, o movimento da “Renascença Portuguesa”, Leonardo Coimbra, o movimento “Orpheu”, Fernando Pessoa, Almada Negreiros, o movimento “Seara Nova”, Faria de Vasconcelos, António Sérgio, Álvaro Ribeiro, José Marinho, Delfim Santos, Sant’Anna Dionísio, Rui Grácio, Manuel Antunes e Agostinho da Silva. Em suma: mais do que um ensaio sobre a Teorização da Educação em Portugal no último século, um verdadeiro Curso de Filosofia Portuguesa Contemporânea…

Neste volume, coligimos ainda uma série de documentos que cobrem o seu tempo como Reitor da Universidade de Évora (2002-2006), o cargo institucional mais importante que ocupou no seu riquíssimo percurso de vida, após ter sido Director-Geral do Departamento do Ensino Superior do Ministério da Educação (1993-1996) – começando, precisamente, com a sua “Candidatura ao Cargo de Reitor”, um extenso documento onde ressaltam, em primeiro lugar, a consciência que tinha quanto ao muito que se poderia e deveria fazer na Universidade de Évora e, em segundo mas não em menor lugar, a sua paixão (assumida) pela própria Universidade de Évora.

Depois, coligimos ainda neste volume mais de meia centena de textos, sobre os mais diversos temas e autores – nomeadamente (conforme a ordenação cronológica dos textos, que seguimos em todos os volumes), António Vieira, Teixeira de Pascoaes, Pedro da Fonseca, Luís de Molina, Almada Negreiros, Leonardo Coimbra, Teilhard de Chardin, Coménio, Guerra Junqueiro, João Rebocho Velez, Raul Brandão, Descartes, Albano Martins, Amorim Viana, Sampaio Bruno, António Sérgio, José Marinho, Álvaro Ribeiro, Agostinho da Silva, José Enes, Fernando Gil e Ângelo Alves. Isto para além de alguns textos que são, sobretudo, testemunhos pessoais – falamos, em particular dos seguintes: “A Escola Primária na minha vida”, “Breve evocação de Maria Rosa Colaço” e “Lembrando Maria José Teixeira de Vasconcelos”. ■

Edição do MIL: Movimento Internacional Lusófono.

Para encomendar: info@movimentolusofono.org