Fisco pior que “Big Brother”

0
522

Na hora de cobrar, a voracidade fiscal tem aumentado de ano para ano, muito a coberto dos novos automatismos que são possibilitados pelo recurso a meios informáticos. Desta vez, o Governo foi mais além na tentativa de total devassa da vida das pessoas e das empresas, o que levou a Associação Nacional de Contabilistas a reagir.

A Associação Nacional de Contabilistas (Anaco) anunciou esta semana que está disposta a activar “mecanismos jurídicos” contra o Estado português para travar legislação que permite à Autoridade Tributária (AT) o acesso detalhado às bases de dados contabilísticas das empresas.

O presidente do organismo, Vítor Vicente, referiu aos Media que antes de avançar com qualquer tipo de acção legal a associação acredita no papel do Parlamento para “travar” a lei, ainda que “mantendo os benefícios” da mesma, nomeadamente no combate à corrupção e à evasão fiscal, sendo que a Anaco tem “propostas” neste sentido.

Simplificar preenchimento
Neste caso, a tentativa de devassa apareceu com a roupagem positiva de se simplificar o preenchimento de informações a prestar ao Fisco.

• Leia este artigo na íntegra na edição em papel desta semana já nas bancas