15, 22 de Outubro…

0
58

Oficialmente, o MIL: Movimento Internacional Lusófono foi constituído no dia 15 de Outubro de 2010, cumpre-se agora uma década. Ainda que tenha nascido antes – como já foi mil e uma vezes recordado, o MIL foi germinando no rescaldo das Comemorações do centenário do nascimento de Agostinho da Silva, em 2006, Comemorações essas que tiveram uma projecção muito significativa, em Portugal e em todo o mundo de língua portuguesa. Neste ano de 2020, tínhamos programado assinalar a nossa primeira década de existência oficial com um evento a realizar em Portugal, mas, entretanto, um outro evento foi agendado exactamente para o mesmo dia, em Cabo Verde. Falamos da III Conferência “Filosofia, Literatura e Educação”, promovida pela Universidade de Cabo Verde, em parceria com outras entidades, como o Instituto Camões e o MIL.

O evento que tínhamos programado para realizar em Portugal foi pois adiado, mas apenas por uma semana. No dia 22 de Outubro, na nossa sede institucional (Palácio da Independência, em Lisboa), iremos, a partir das 17 horas, comemorar a nossa primeira década de existência. Desde logo, apresentando, em primeira mão, o vigésimo sexto número da nossa revista, a NOVA ÁGUIA, conjuntamente com os mais recentes livros publicados com a nossa chancela. Finalmente, entregando o Prémio MIL Personalidade Lusófona a Alarcão Troni, ex-Presidente da SHIP: Sociedade Histórica da Independência de Portugal (em sessão presidida pelo actual Presidente da SHIP, José Ribeiro e Castro), que ingressa assim numa mui ilustre lista de nomes – recordamos os anteriores premiados: Lauro Moreira (2010), Ximenes Belo (2011), Adriano Moreira (2012), Domingos Simões Pereira (2013), Ângelo Cristóvão (2014), Gilvan Müller de Oliveira (2015), Duarte de Bragança (2016), Ruy Mingas (2017), Manuel de Araújo (2018) e Manuel Pinto da Costa (2019). Fica aqui o convite. ■