Uma (má) memória de José Mário Branco

0
382

A 7 de Outubro de 2008 estava agendada uma sessão de apresentação da Revista NOVA ÁGUIA (nº 2) no Festival Musidanças, a decorrer no Seixal. A três ou quatro dias da sessão, um responsável da organização do Festival ligou-nos a dar conta que tinham sido contactados pelo José Mário Branco, que terá manifestado reservas à nossa presença, por, alegadamente, sermos uma “Revista de Direita”.

Face isso, perguntámos expressamente se nos estavam a “desconvidar”. Se fosse esse o caso, obviamente não iríamos. Se não fosse, obviamente iríamos, apesar do responsável da organização nos ter antecipado um “clima adverso”. Como não retiraram o convite, fomos. E nada de especial aconteceu… Não somos muito dados a ditados populares, mas há um de que gostamos particularmente: “cães que ladram não mordem”. ■

Agenda MIL: 30 de Novembro, 14h30, no Palacete Viscondes de Balsemão (Porto) – última sessão do Ciclo deste ano das “Tertúlias de Cultura Portuguesa”, com apresentação das obras: “Jesué Pinharanda Gomes: Pensar Português” e “Aristóteles em nova perspectiva”, de Olavo de Carvalho | 2 de Dezembro, 18h30, na Fundação Calouste Gulbenkian – Celebração do Centenário do Nascimento de José Hermano Saraiva | 4-6 de Dezembro, V Colóquio do Atlântico – Os irmãos Arriaga: Filosofia, História e Literatura:

4 de Dezembro: Universidade Católica Portuguesa (Sala de Exposições | 2.º piso do Edifício da Biblioteca)

9:30 – Sessão de Abertura

10:00 – Conferência 

António Braz Teixeira | A CONTRIBUIÇÃO DE JOSÉ DE ARRIAGA PARA A HISTÓRIA DAS IDEIAS EM PORTUGAL

10:45 – Intervalo

11:00 – Painel I

Maria do Céu Fraga | A POESIA ENTRE A FAMÍLIA ARRIAGA

Sérgio Campos Matos | JOSÉ DE ARRIAGA, MANUEL DE ARRIAGA E A TEORIA POPULAR DA HISTÓRIA DE PORTUGAL

Luís Lóia | TENTATIVA DE UMA SÍNTESE SURPREMA

Samuel Dimas | PARA UMA HARMONIA ENTRE A RELIGIÃO E A CIÊNCIA EM MANUEL DE ARRIAGA

12:30 – Almoço

14:30 – Painel II

Rosa Goulart | MANUEL DE ARRIAGA: A PROSA DO INTELECTUAL E A POESIA DO ESCRITOR

Berta Pimentel | MANUEL D’ ARRIGA: NA SENDA DOS DIREITOS HUMANOS

Maria Celeste Natário | MANUEL DE ARRIAGA: ENTRE O POSITIVISMO E O SAGRADO

Maria do Céu Brito | FLORES D’ALMA: IMAGINÁRIO E FILANTROPIA

16:00 – Intervalo

16:15 – Conferência

Carlos E. Pacheco Amaral | JOSÉ DE ARRIAGA: PENSAMENTO POLÍTICO E CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE EM PORTUGAL

17:00 – Lançamento de “Manuel Ferreira Deusdado: Pensamento e Obra” & Revista NOVA ÁGUIA 24 e outros livros.

5 de Dezembro: Câmara Municipal da Horta

18:00 – Conferência

José Luís Brandão da Luz | MANUEL DE ARRIAGA: O PRESIDENTE ARISTOCRÁTICO, ‘SENHOR DA CANA VERDE’

18:45 – Lançamento de “Manuel Ferreira Deusdado: Pensamento e Obra” & Revista NOVA ÁGUIA 24 e outros livros

6 de Dezembro: Escola Secundária Manuel de Arriaga

09:30 – Painel III

Maria Manuela Tavares Ribeiro | MANUEL DE ARRIAGA E A QUESTÃO INGLESA

João Bosco Mota Amaral | MANUEL DE ARRIAGA, UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA SINGULAR

Acílio Rocha | PROUDHON NA OBRA DE ARRIAGA

Miguel Rocha | O LEGADO REPUBLICANO DE MANUEL DE ARRIAGA

11:00 – Intervalo

11:15 – Sessão evocativa

Com visionamento de um filme sobre Manuel de Arriga, protagonizado por Victor Rui Dores, e apresentação de trabalhos realizados pelos alunos da Escola Secundária Manuel de Arriaga.

13:00 – Almoço

6 de Dezembro: Casa Museu Manuel de Arriaga

14:30 – Painel IV

Mário Viana | A HISTORIOGRAFIA SOBRE OS AÇORES NO TEMPO DOS IRMÃOS ARRIAGA. ALGUMAS LINHAS DE FORÇA

José Esteves Pereira | JOSÉ D’ARRIAGA E A IDEOLOGIA LIBERAL

Isabel Valente | JOSÉ DE ARRIAGA. ENTRE O TEMPO E A NORMA

Renato Epifânio| EM ABONO DO ESPÍRITO LIBERAL DA FILOSOFIA PORTUGUESA: DE PINHARANDA GOMES, SOBRE JOSÉ DE ARRIAGA

Carlos Lobão | UMA ANJO DA GUARDA – MARIA CRISTINA ARRIAGA

16:30 – Intervalo

16:45 – Conferência

Manuel Cândido Pimentel | A CONCEÇÃO ANTROPOLÓGICA DE MANUEL DE ARRIAGA

17:30 – Sessão de Encerramento