A venda de ebooks começou a declinar em todo o mundo e o livro palpável, “velho” de milhares de anos nas suas variadas formas, está mais popular do que nunca.

Papel resiste aos ebooks

A venda de ebooks começou a declinar em todo o mundo e o livro palpável, “velho” de milhares de anos nas suas variadas formas, está mais popular do que nunca.

Orpheu e o Modernismo Português

O modernismo português parece viver a sua segunda vida. Ocultado durante décadas devido a inconvenientes e constrangimentos político-filosóficos levantados pelos seus principais interlocutores e protagonistas, o nosso modernismo parece estar hoje a ganhar um novo fulgor. Talvez este seja um sinal do redespertar para o “ethos” português através do reencontro com a nossa tradição.

Dicionário da Expansão Portuguesa

JOSÉ ALMEIDA Iniciada em 1415, com a conquista de Ceuta, a Expansão Portuguesa marcou a maturidade política do Reino de Portugal e o início de...

Cassiano Branco: Arquitectura e Artifício

JOSÉ ALMEIDA O espírito manifesta-se pela estética, pelo que as obras de um regime procuram através desta expressar as linhas de força de uma doutrina...

Viagem ao pesadelo das mega-livrarias

Deambular por uma mega-livraria em Portugal pode transformar-se numa viagem aterradora pelo mundo da idiotia e do vazio. Longe do seu livreiro habitual, o repórter precisou de comprar um livro e teve de passar pela dolorosa experiência…

Quadro de Honra

Trata-se de uma obra imprescindível para a biblioteca de qualquer melómano interessado numa visão etnomusicológica daquilo a que Jorge Lima Barreto chamou, genericamente, de “mmp” – música moderna portuguesa.

Dicionário Crítico de Filosofia Portuguesa

Se a Filosofia constitui, tal como na antiga Grécia, uma expressão de maturidade cultural, também Portugal ao longo de quase um milénio alcançou e desenvolveu, seguramente, traços específicos do seu pensamento filosófico.

Ensaios sobre Nietzsche e Pessoa

O crescente interesse internacional no autor português conduziu, obrigatoriamente, ao cruzamento do seu legado com o de outros nomes de igual modo importantes para a poesia, literatura e pensamento contemporâneos.

A filosofia jurídica luso-brasileira do século XIX

“A Filosofia Jurídica Luso-Brasileira do Século XIX” propõe um olhar sobre os rumos do pensamento filosófico de oitocentos.

Epistolário de António Quadros e António Telmo

Fruto de um trabalho de hermenêutica e exegese protagonizado por Mafalda Ferro, Rui Lopo e Pedro Martins, este volume compila, aproximadamente, três décadas de trocas epistolares entre os autores de “Portugal, Razão e Mistério” e de “História Secreta de Portugal”.